sexta-feira, 7 de julho de 2017

Assassinatos no Ceará crescem 31,9% no primeiro semestre do ano

O número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem homicídios e latrocínios, cresceu 31,9% em todo o Ceará no primeiro semestre de 2017 quando comparado com o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram 2.299 pessoas mortas de janeiro a junho. Fortaleza lidera a variação da estatística: só a Capital registrou aumento de 77,4% no número de homicídios e latrocínios.
"A estratégia de combate continua a mesma. Se a Polícia não estivesse nas ruas do jeito que está, os números estariam piores", declarou André Costa, titular da Secretaria de Segurança Pública e Desenvolvimento Social (SSDPS). Os relatórios foram divulgados pela pasta na tarde desta sexta-feira (07).
Quando comparado junho de 2017 com o mesmo período do ano passado, o crescimento do número de CVLI no Estado é de 91,1%. De acorco do os dados da SSPDS, Fortaleza puxou o crescimento dos crimes, registrando alta de 217,7%.

Roubos e furtos

Por outro lado, o Ceará reduziu o número de roubos. De janeiro a junho deste ano, foram contabilizados 32.093 ocorrências, 4,4% a menos que o mesmo período em 2016.
Os furtos também registraram pequena redução. Foram 28.867 Boletins de Ocorrência (B.O.) na categoria, dado 2% menor que o do ano passado. 

Fonte: Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . Hidrolândia 24 Horas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger