sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Folha de servidor da Assembleia equivale à população de Guaramiranga

- 0 comentários
Você já imaginou toda a população do município de Guaramiranga abrigada dentro do prédio principal da Assembleia Legislativa do Ceará? Parece inacreditável, mas a folha de pagamentos da Assembleia atualmente tem mais de 5 mil servidores.
Se todos os servidores da folha estivessem fisicamente nesse local, haveria um completo estrangulamento da estrutura. Mas nem todos os milhares de nomes da extensa lista são lotados em Fortaleza. Alguns prestam serviço à distância e estão lotados em cidades do interior do estado.
Até aí, tudo certo. Mas será que toda essa gente de fato está prestando serviço? O Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT, pegou como exemplo a Campanha Ceará Sem Drogas, uma espécie de comissão criada pelo presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), para mobilizar o Estado em torno desse problema. Nesse grupo de trabalho, estão lotadas 97 pessoas.
A TV Jangadeiro pesquisou os nomes dessas pessoas. O primeiro que aparece na lista é Abraão de Aquino Guimarães, que não mora em Fortaleza e sim em Sobral. Por telefone, perguntou se ele trabalhava para a Assembleia. Ele se negou a passar informação. “Por que você quer saber, rapaz, meus dados? Rapaz, o que é que você quer? É entrevista? Entrevista ao vivo, homem!”, contestou. A produção perguntou se poderia marcar uma entrevista em sua casa. “Rapaz, você pode ir hoje. Vai ter um terço lá, é bom que eu te curo logo de todos os seus malignos”, retrucou.
Outros integrantes da família de Abraão estão lotados em outros setores da Assembleia. O tio dele, José Tupynambá Moraes de Aquino, é funcionário da Consultoria Parlamentar. A reportagem ligou para esse setor, mas não sabem quem ele é.
José Tupynambá mora em Sobral. Para tirar a dúvida, a produção ligou para ele, que se esquivou e não respondeu a nenhuma das perguntas. “Como eu vou lhe dar uma resposta se eu não lhe conheço?”, indagou.
Outras duas mulheres da mesma família trabalham na Ouvidoria da Casa e na Comissão de Altos Estudos. A produção tentou contato, mas as ligações não foram atendidas.
A mesa diretora da Casa diz que as nomeações acontecem, em sua maioria, por determinação do presidente. Mas explica que nem todos precisam atuar no prédio da Assembleia.
A prática de nomeação, que é conhecida como apadrinhamento político, e a falta de transparência na gestão da folha da Assembleia não são novidades. E ainda tem conivência de praticamente todos os deputados e partidos. Quando questionados sobre o controle dos funcionários, os parlamentares que compõem a mesa evitam fazer comentários.
Se os indícios forem comprovados, os gestores podem ser julgados por improbidade administrativa.

Fonte: Tribuna do Ceará
[ CONTINUE LENDO... ]

Prognóstico da FUNCEME para 2017 somente em janeiro

- 0 comentários
Próximo ao dia 15 de janeiro, em data ainda a ser definida, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME) vai concluir e divulgar o primeiro prognóstico climático oficial para a quadra chuvosa de2017 no Ceará. O documento apresentará as probabilidades de cada uma das três categorias (abaixo, em torno e acima da média histórica) referentes ao acumulado de precipitações nos meses de fevereiro, março e abril. 
A seca prolongada desde 2012 acentua a ansiedade e a expectativa da sociedade a em relação ao prognóstico, pois as reservas hídricas estão em níveis críticos e vários setores da economia cearense já sofrem consequências da escassez de água. Porém, os meteorologistas da FUNCEME ressaltam que uma forte tendência de neutralidade nas temperaturas do Oceano Pacífico Equatorial (nem El Niño, nem La Niña) durante a quadra chuvosa de 2017 não permite antecipar a previsão climática para o Ceará. 
A indefinição no Pacífico aumenta a relevância da análise das diferenças de temperaturas entre o norte e o sul do Oceano Atlântico Tropical. Se a parte sul estiver mais aquecida, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) tende a se posicionar também ao sul da Linha do Equador, atuando de forma mais favorável às chuvas no Ceará.  
E essa análise, explicam os meteorologistas, deve ser feita bem próximo ao início do período chuvoso, dando mais confiabilidade à previsão, já que as condições de temperatura no Atlântico mudam mais rápido que no Pacífico. Considerando a possibilidade de mudanças no Atlântico, a FUNCEME deverá divulgar um segundo prognóstico em fevereiro, este referente ao acumulado de precipitações nos meses de março, abril e maio.

La Niña 

O Oceano Pacífico Equatorial apresenta hoje anomalia de resfriamento, o que configura o fenômeno La Niña. Entretanto, a intensidade dessa anomalia, entre 0,5°C e 1°C, é considerada fraca. Além disso, as agências internacionais que monitoram as temperaturas do Pacífico preveem que o fenômeno deve desaparecer em fevereiro. “Se tivéssemos uma previsão de persistência dessa La Niña até maio, teríamos um indicativo bom para as chuvas no Ceará, mas as previsões mostram a neutralidade como tendência mais forte. Isso não é bom como uma La Niña, mas também não é ruim como um El Niño. É um cenário neutro”, explica o meteorologista Raul Fritz.

Pré-estação

A pré-estação chuvosa no Ceará, período compreendido entre os meses de dezembro e janeiro, é quando acontecem os primeiros registros de precipitações mais intensas no Estado. As chuvas de pré-estação são causadas normalmente pela atuação e posicionamento favorável dos Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN).

Fonte: Assessoria de Comunicação da FUNCEME
[ CONTINUE LENDO... ]

Governo nega possibilidade de redução de idade mínima para aposentadoria

- 0 comentários
O Palácio do Planalto negou nesta sexta-feira (09) a possibilidade de redução da idade mínima de 65 anos para homens e mulheres requererem a aposentadoria, conforme previsto na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/2016, da reforma da Previdência, enviada na última segunda-feira (05) ao Congresso Nacional.
Em nota, o governo federal explica que a idade de 65 anos se baseia no envelhecimento da população brasileira e é “ponto central para que se encontre equilíbrio futuro nos gastos com aposentadorias”. O texto diz ainda que “o governo fará todo o possível junto à sua base aliada no Congresso Nacional para a manutenção do texto original da reforma”.
O relatório da PEC da reforma da Previdência deve ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados na próxima semana.

Fonte: Agência Brasil
[ CONTINUE LENDO... ]

Casal de idosos são assaltados na zona rural de Santa Quitéria

- 0 comentários
Um casal de idosos foi vítima de um assalto nas primeiras horas da última terça-feira (06), por volta das 06h00min, em sua residência na localidade de Zipu (próximo a Morrinhos), na zona rural de Santa Quitéria.
No assalto, um senhor de 76 anos foi deitado no chão e sem esboçar qualquer defesa, foi alvejado a bala. Após ser atingido, o mesmo foi socorrido por populares para um hospital próximo, onde passa bem.
Após a ação, os bandidos tomaram de assalto, uma Toyota Hilux, de cor prata e placas EKN-0678, com inscrição de Canindé.

Fonte: A Voz de Santa Quitéria
[ CONTINUE LENDO... ]

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Em Hidrolândia, procissão marca encerramento da festa de Nossa Senhora da Conceição

- 0 comentários
A tradicional procissão encerrou oficialmente a Festa da Padroeira 2016, no final da tarde desta quinta-feira (08). O cortejo, formado por duas enormes filas, percorreu as principais ruas da cidade, com a imagem de Nossa Senhora da Conceição, acompanhada do pároco de Hidrolândia, padre Emanuel Franklin.
Neste ano, a festa trouxe como tema “Com Maria Aprendemos a Viver a Comunhão e a Unidade na Diversidade”, proporcionando aos fiéis durante o novenário, momentos de fé e reflexão.
No encerramento da procissão foi realizada a benção do Santíssimo Sacramento e o arriamento das bandeiras, quando então, foram concluídas as festividades em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade de Hidrolândia.
[ CONTINUE LENDO... ]

Somar Meteorologia sinaliza retorno das chuvas no início de 2017

- 0 comentários
O que o cearense mais quer, especialmente o sertanejo, é a reversão do quadro de seca que atinge o Estado há cinco anos. As previsões mais otimistas estimam a possibilidade do retorno das chuvas em sua normalidade nos primeiros meses de 2017, em decorrência da atuação do fenômeno La Niña no oceano Pacífico e da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que favorece a incidência de chuvas no Nordeste. As considerações são da Somar Meteorologia, empresa privada que atua no segmento de meteorologia, oceanografia e meio ambiente.
Levantamento da instituição, com base no último boletim da NOAA (órgão americano de meteorologia e oceanografia), aponta que a atmosfera do Oceano Pacífico influenciada por resfriamento, o que indica a ocorrência do fenômeno La Niña, deve continuar, acabando a partir do primeiro trimestre de 2017.
Segundo ressalta Maria Clara Faffaki, meteorologista do órgão, a incidência do La Niña, aliado ao afastamento do fenômeno El Nino, pode resultar em chuvas dentro da normalidade a partir dos meses de janeiro e fevereiro. "A gente já está com a atuação do La Niña e a expectativa é que se estenda até o começo do ano que vem. Além disso, já para março de 2017, acontece o retorno da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). A chuva vai voltando aos poucos de forma irregular agora em dezembro e a normalização pode acontecer a partir de janeiro", afirma.

Cautela

A Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) pede cautela e reafirma o quadro de indefinição da próxima quadra chuvosa. Segundo o meteorologista Raul Fritz, o que há de concreto é o fato do La Niña estar em fraca intensidade, próximo da neutralidade. "Todas as previsões que temos consultado estão indicando o que a gente vinha anunciando, que é mais provável que a La Niña se dissipe por meados de fevereiro até início de março, e é isso preocupa".
Segundo Fritz, o fenômeno só tem influência na incidência de chuvas no Estado se aparecer de fevereiro a maio. A maior esperança de precipitações, segundo ressalta, está na ZCIT, que depende das condições do Oceano Atlântico, mas também segue em quadro indefinido. "É preciso que haja uma diferença de temperatura da superfície do mar entre a parte sul, abaixo do Equador, e a parte acima do Equador. Agora nós temos aquecimento tanto acima quanto abaixo do Equador, mas isso pode mudar. Por isso, a gente espera até o início do ano que é quando a gente começa a ver uma definição desse padrão".
Durante a realização do Fórum Cearense dos Comitês de Bacias Hidrográficas do Ceará, na tarde de hoje, o presidente da Funceme, Eduardo Sávio, apresentará a tendência para a próxima quadra chuvosa. Já o prognóstico oficial sai em fevereiro.

Fonte: Diário do Nordeste
[ CONTINUE LENDO... ]

Comissão da Câmara aprova criação da Universidade da Ibiapaba, no Ceará

- 0 comentários
A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (07), relatório que autoriza o Poder Executivo a instituir a Universidade Federal da Ibiapaba, no Ceará. O relatório, elaborado pelo deputado federal André Figueiredo (PDT), apresenta o  projeto de Lei apresentado pelo deputado Moses Rodrigues (PMDB).
A nova universidade beneficiará diretamente nove municípios cearenses - Carnaubal, Croatá, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, São Benedito, Tianguá, Ubajara, Viçosa do Ceará e Ipu - integrantes da microrregião de Ibiapaba, onde residem cerca de 350 mil pessoas.
Além disso, o impacto social alcançará ainda quarenta e sete cidades que compõem a mesorregião do Noroeste cearense, cuja população é superior a 1,2 milhão de habitantes.
“Decorre daí a importância do oferecimento de uma educação profissional de qualidade como instrumento imprescindível de geração de renda e de democratização de oportunidades de ascensão social, com papel relevante nas políticas públicas dos países em desenvolvimento, como o Brasil”, indicou o deputado no relatório.

Fonte: G1 Ceará
[ CONTINUE LENDO... ]

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Prédio da Prefeitura de Baturité é destruído após incêndio

- 0 comentários
Um incêndio registrado na madrugada desta terça-feira (06) destruiu o prédio do Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) da cidade de Baturité, distante 100 quilômetros de Fortaleza. O fogo começou em um veículo oficial do órgão e se alastrou, tomando conta também de uma moto e eletrônicos.
De acordo informações do Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta das 03h00min e logo tomou grandes proporções. Ainda de acordo com o órgão, o fato das chamas terem atingido veículos, causou prejuízos maiores devido ao combustível.
O comandante da 2ª Companhia do 4º Batalhão de Polícia Militar, major Pinheiro, informou que o prédio ficou destruído após o fogo tomar conta das instalações.
Segundo o oficial da PM, o vigilante informou que viu duas pessoas correndo após o início das chamas. Ele será ouvido para prestar mais esclarecimentos.

Fonte: Diário do Nordeste
[ CONTINUE LENDO... ]

La Niña deve influenciar chuvas no Nordeste em 2017

- 0 comentários
O fenômeno La Niña se configurou em novembro no oceano Pacífico Equatorial leste. A La Niña ocorre quando a água do mar nesta região fica com temperatura pelo menos 0,5°C abaixo da temperatura média normal e por pelo menos três trimestres consecutivos.
Esta alteração de temperatura causa mudanças no padrão de chuva e de temperatura em diversas regiões do globo, da mesma forma como o El Niño, fenômeno oposto ao La Niña, que se caracteriza pelo aquecimento anormal das águas do Pacífico Equatorial leste.
Um dos efeitos clássicos no Brasil relacionados com o fenômeno La Niña é o aumento da chuva sobre o Nordeste. Mas no caso da Região Nordeste, tão ou mais importante do que saber como está a temperatura no Pacífico Equatorial, é saber qual a situação do oceano Atlântico que banha todo o Nordeste. É preciso analisar com cuidado o que o que acontece em relação à temperatura do Atlântico, pois é isto que vai regular a intensidade e o deslocamento dos dois mais importantes fenômenos atmosféricos que provocam quase toda a chuva do Nordeste no decorrer do ano: a ZCIT - Zona de Convergência Intertropical e os DOL - Distúrbios Ondulatórios de Leste -, dentro dos quais se enquadram as Ondas de Leste.
Qual o efeito da La Niña sobre o Nordeste no verão 2016/2017? O Atlântico vai ajudar a trazer a chuva da ZCIT? Veja a análise do meteorologista Alexandre Nascimento.

Fonte: Climatempo Meteorologia
[ CONTINUE LENDO... ]

Reforma da Previdência prevê aposentadoria aos 65 anos e com 25 de contribuição

- 0 comentários
O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, anunciou hoje (06) que a reforma da Previdência enviada ao Congresso Nacional estabelece a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem e tempo mínimo de contribuição de 25 anos. Essa regra valerá para homens com idade inferior a 50 anos e mulheres com menos de 45 anos.
O detalhamento da reforma da Previdência é apresentado nesta manhã no Palácio do Planalto. Caetano informou que haverá um fórmula de cálculo progressiva e proporcional ao tempo de contribuição, sendo que as aposentadorias não serão inferiores a um salário mínimo.
Atualmente, as mulheres podem pedir a aposentadoria com 30 anos de contribuição e os homens, após 35 anos de trabalho. Para receber o benefício integral, é preciso atingir a fórmula 85 (mulheres) e 95 (homens), que é a soma da idade e do tempo de contribuição.
Embora a idade mínima seja de 65 anos na proposta, a regra poderá ser alterada automaticamente a depender a expectativa de vida do brasileiro, elevando assim esse teto mínimo, segundo Caetano. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publica esses dados periodicamente.
"Sobre regra permanente, em vez de fazer várias reformas em função do avanço da demografia, a PEC prevê uma possibilidade de ajuste automático para a idade de 65 anos. Se a expectativa de vida das pessoas começa a crescer, com o passar do tempo a idade da aposentadoria cresce junto. A periodicidade do ajuste depende da velocidade demográfica. De acordo com o [dado] atual, até 2060 deve haver dois ajustes", disse Marcelo Caetano.
No caso do serviço público, todos os estados terão que ter um fundo de previdência complementar, como já existe no governo federal, em São Paulo e no Rio de Janeiro, por exemplo. Se alguém quiser receber acima do teto do regime geral, terá que usar os recursos desse fundo. O prazo é de dois anos para a implementação.
O governo também acrescentou nas propostas para a redução das despesas previdenciárias a criação de uma Lei de Responsabilidade Previdenciária, o fim das isenções das contribuições previdenciárias sobre as receitas decorrentes das exportações e uma única gestão da Previdência por ente federativo. O Marcelo Caetano fez questão de frisar a todo momento que as propostas dependem de aprovação do Congresso Nacional.

Direitos adquiridos

Caetano garantiu que a reforma respeitará os direitos adquiridos pelos trabalhadores. Segundo ele, mesmo as pessoas que não se aposentaram, mas que completarem as condições durante o processo de tramitação da PEC, não serão prejudicadas, porque valerá a data de promulgação. “Se um homem completa 35 anos de contribuição ao longo da tramitação da PEC, só depois que a reforma for promulgada passam a valer as novas regras”, disse.  
Para o secretário, a proposta é fundamental para o país e feita para durar muitos anos, sem necessitar de outras reformas ao longo do tempo.

Diário Oficial

A mensagem do presidente Temer que encaminhou a reforma ao Congresso foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (06). A reforma da Previdência é uma das principais apostas do governo federal para equilibrar as contas públicas. Em algumas oportunidades, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que o déficit da Previdência em 2016 estava estimado em R$ 146 bilhões e que, se nada for feito, poderá ficar entre R$ 180 bilhões e R$ 200 bilhões em 2017.
Uma das dificuldades para a conclusão da proposta apresentada pelo Executivo foi a disparidade de expectativas de vida entre as regiões ou os estados brasileiros. De acordo com o IBGE, há, por exemplo, uma diferença de 8,4 anos entre a expectativa de vida em Santa Catarina (79 anos) e no Maranhão (70,6 anos). Na Região Sul, a expectativa de vida (77,8 anos) é a maior do país. No Nordeste, ela é de 73 anos; e na Região Norte, a mais baixa, o tempo médio de vida dos brasileiros é 72,2 anos.

Fonte: Agência Brasil
[ CONTINUE LENDO... ]

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

PMDB convida Roberto Justus para concorrer à presidência em 2018

- 0 comentários
Depois que o apresentador Roberto Justus revelou que tem interesse em se candidatar a presidente em 2018, o PMDB, partido de Michel Temer, convidou o veterano para ser o presidenciável nas próximas eleições. As informações são do colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”.
“Eu nunca pensei nessa coisa da política na minha vida. Nunca combinava muito com o um estilo, eu sou uma pessoa um pouco diferente desse mundo político. Mas, ajudar o país, ajudar a tua nação, se isso for uma possibilidade, eu posso até pensar no assunto”, afirmou o apresentador recentemente ao “Estadão”.
Vale lembrar que o famoso está com a agenda bastante comprometida na Record. Isso porque Roberto vai comandar novas edições de “Power Couple” e “A Fazenda”.

Fonte: TV Foco
[ CONTINUE LENDO... ]
 
Copyright © . Hidrolândia 24 Horas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger